Netflix lança “Death Note” em meio à desconfiança dos fãs




O filme “Death Note” estreia, nesta sexta-feira (25/8), na Netflix. O longa é inspirado no popular mangá homônimo escrito por Tsugumi Ohba e Takeshi Obata entre 2003 e 2006. A adaptação, no entanto, chega com desconfiança pelos fãs da produção original.

Feito em live-action, o filme conta a história de um estudante de ensino médio que descobre um caderno fatal: basta escrever o nome de uma pessoa nas páginas, que ela morrerá em questão de minutos. Tamanho poder, no entanto, faz o rapaz iniciar uma caçada contra bandidos e inimigos.

Ocidentalização

Uma das principais reclamações dos fãs é a ocidentalização da trama. Por exemplo, o personagem principal do mangá Light Yagami, na versão cinematográfica da Netflix, vai se chamar Light Turner.

Em vez de colocar um asiático como ator principal de “Death Note”, a Netflix optou por Nat Wolff, de “A Culpa é das Estrelas” (2014), no papel de Light Turner. De acordo com a produção do filme, a escolha ocorreu por não conseguirem encontrar um ator asiático fluente em inglês.

Os gostos e as atitudes do personagem no longa também se diferem do enredo original. Enquanto o mangá apresenta um rapaz complexo, que se vê diante da possibilidade de atuar como um deus, o filme traz um típico nerd norte-americano, com desejo de se vingar dos colegas de escola.

As escolhas provocaram uma desconfiança entre os fãs e leitores assíduos do mangá, que estão acompanhando também o lançamento de uma versão cinematográfica japonesa da obra (“Death Note – Light Up The New World”). A previsão é de que o filme asiático chegue aos cinemas em 29 de outubro.
Netflix lança “Death Note” em meio à desconfiança dos fãs Netflix lança “Death Note” em meio à desconfiança dos fãs Reviewed by ANDERSON FRANQUINI on agosto 25, 2017 Rating: 5

Pesquisar no Blog

.footer-inner { margin: -90px; }